História do Município

SEBASTIANÓPOLIS DO SUL foi fundado em 1905, por Januário Alves Ferreira que ocasião doou 270 (duzentos e setenta) alqueires de terras à Diocese de São José do Rio Preto (Paróquia de São Sebastião). Nos primórdios as atividades eram agrícolas, prevalecendo à lavoura e a criação de gado, englobando uma extensão de mais de 2.000 (dois mil) alqueires na época, e a população era essencialmente católica.

A cidade originou-se da construção da Capela (coberta de palha) no centro da gleba de terras doadas, onde os primeiros moradores foram construindo suas residências ao redor da mesma.

Anteriormente, isto é, por ocasião de sua fundação, era denominado RIBEIRÃO, por estar situado a quase 500 metros de distância do Córrego Ribeirão e seu afluente.

Sebastianópolis do Sul foi elevado à categoria de Município por intermédio do esforço do Sr. Frederico Raia (1º Prefeito), que sempre atuou nesse sentido até que em 28 de Fevereiro de 1964 o Governo Estadual promulgou a Lei nº 8.092/64 trazendo assim a Sebastianópolis do Sul a emancipação político/econômica.

Em destaque